Como funciona a contabilização de Adicional Noturno

Considera-se hora noturna (com uso do adicional noturno), o trabalho realizado entre as 22:00 horas de um dia às 5:00 horas do dia seguinte.

A hora normal tem a duração de 60 (sessenta) minutos e a hora noturna, por disposição legal, nas atividades urbanas, é computada como sendo de 52 (cinquenta e dois) minutos e 30 (trinta) segundos. Ou seja, cada hora noturna sofre a redução de 7 minutos e 30 segundos ou ainda 12,5% sobre o valor da hora diurna.

Isso quer dizer que sempre que um trabalhador estiver trabalhando a partir das 22h e antes das 5h, terá que receber os valores correspondentes ao adicional noturno.

Vamos ver exemplos imaginando a seguinte jornada com 1 hora noturna diariamente:

Se ele fizer exatamente esse horário, não terá nenhuma hora extra:

Mas observe que a planilha já contabiliza as horas noturnas (4 horas + valores calculados automaticamente pelo fato da hora noturna ser reduzida)

Agora, se tivermos uma variação dessas horas extras, teremos outros cenários sendo calculados, veja

1 - Teve o término da jornada uma hora antes do previsto, gerando 1 hora devida

2 - Teve o término da jornada 30 minutos depois do previsto, gerando 42 minutos de hora extra (hora noturna)

3 - Teve o término da jornada 5 horas depois do previsto, gerando 5 horas e 51 minutos de hora extra (hora noturna)

4 - Teve a jornada sendo realizada no tempo previsto, mas como no dia anterior acabou as 4h e começou às 14h, teve apenas 10 horas de intervalo interjornada (e não 11 horas como previsto em lei), gerando 1 hora extra interjornada


Essa Informação foi Útil?


Powered by HelpDocs (opens in a new tab)

Powered by HelpDocs (opens in a new tab)