Como funciona a contabilização da Tolerância de Horário

O parágrafo 1º, do art. 58, da CLT, estabelece que não serão descontadas e nem computadas como jornada extraordinária (extra) as variações de horário no registro de ponto dos empregados não excedentes a 5 minutos, observado o limite máximo de 10 minutos diários.

Por conta disso, a planilha não considera valores de até 10 minutos para cima ou para baixo, tanto no início como no término da jornada de trabalho. Vamos ver exemplos imaginando a seguinte jornada:

Em 4 dias de trabalho normais, em que esses horários deveriam ser respeitados temos:

1 - Saiu 9 minutos mais tarde e não ganhou hora extra

2 - Saiu 11 minutos mais tarde e ganhou 11 minutos de hora extra

3 - Chegou 5 minutos mais cedo e não ganho hora extra

4 - Chegou 14 minutos mais tarde e teve 14 minutos descontados como horas devidas


Essa Informação foi Útil?


Powered by HelpDocs (opens in a new tab)

Powered by HelpDocs (opens in a new tab)